… eu ia comentar o episódio da mini-saia e a UNIBAN (onde me formei em 2008), mas resolvi copiar o texto do Francisco Alberto Madia de Souza (um dos meus gurus)…

… O CULPADO, MAIS UMA VEZ, É O SOFÁ…
… nos jornais de hoje a UNIBAN informa que decidiu expulsar GEISY VILLA NOVA ARRUDA – “desligar do quadro discente da Instituição” – pelos acontecimentos do dia 22 de outubro. Isso mesmo, a aluna de vestido curto e cor de rosa… os fatos, na publicação oficial da escola, nada ficam a dever às sentenças da SANTA INQUISIÇÃO… “foi apurado que a aluna tem frequentado as dependências da universidade em trajes inadequados, indicando uma postura incompatível com o ambiente da universidade, e, apesar de alertada, não modificou seu comportamento… a sindicância apurou que , no dia da ocorrência dos fatos, a aluna fez um percurso maior do que o habitual aumentando sua exposição e ensejando, de forma explícita, os apelos de alunos que se manifestavam em relação a sua postura, chegando, inclusive, a posar para fotos… novamente, a aluna optou por um percurso maior ao se dirigir ao toalete, o que alimentou a curiosidade e o interesse de mais alunos e alunos, tendo início, então, uma aglomeração em frente ao local…” vou parar por aqui… INTOLERÂNCIA PÚBLICA E CONFESSA de quem deveria dar o exemplo, uma INSTITUIÇÃO DE ENSINO… pior ainda, os advogados da estudante vão deitar e rolar com essa confissão pública de perseguição, bisbilhotagem, e apoio incondicional, irrestrito e incentivado, ao comportamento injustificado de centenas de outros integrantes de seu “corpo discente” popularmente conhecidos como alunos… como as empresas não saber lidar com crises…