… existe lei para isso e para aquilo… agora crianças tem que sentar em cadeiras especiais com cinto de segurança… e pasmem, o veículo “ambulift” para cadeirantes nos nossos aeroportos não tem cinto de segurança… tanto que a viagem para tratamento médico do arquiteto Fernando Porto de Vasconcellos, 71, acabou em tragédia após um acidente no aeroporto de Congonhas (SP), sábado agora… cadeirante desde que sofreu um AVC (acidente vascular cerebral), ele foi colocado em um ambulift (espécie de carrinho com elevador)… após uma freada brusca do carro, Vasconcellos foi arremessado, bateu a cabeça e está internado, em coma… o arquiteto voltava de Brasília, onde faz tratamento no hospital Sarah Kubitschek há quatro anos, desde o AVC… já havia recuperado bem a fala e parte do movimento… por volta das 14h, o voo da Gol que o trouxe chegou a Congonhas e a empresa providenciou o ambulift para que ele saísse da aeronave… uma funcionária da Gol segurava a cadeira de rodas… na pista, o ambulift freou bruscamente e a funcionária da Gol caiu sobre a cadeira de rodas… a cadeira tombou e Vasconcellos bateu a cabeça… ele foi levado ao hospital Santa Paula, em Santo Amaro (zona sul de SP), onde está na UTI em estado grave… segundo o hospital, o arquiteto teve traumatismo cranioencefálico… os médicos esperam que o quadro de saúde se estabilize para que ele passe por uma cirurgia… os funcionários da Gol, que acompanharam a família ao hospital anteontem, já não estavam mais lá ontem… apesar de ter plano de saúde, a família está tendo que arcar com as despesas não cobertas pelo seguro… “estamos inconformados que um meio de transporte para cadeirantes não tenha cinto de segurança”… a Infraero, responsável pelo ambulift, diz que não há cintos para prender as cadeiras e que elas são travadas… para Jairo Marques, colunista da Folha que é cadeirante e usa o ambulift, o travamento não é suficiente e a cadeira de rodas deveria ser presa por um cinto… “o travamento não segura a cadeira.”… esse é o país que quer sediar uma Copa e os Jogos Olímpicos…

… obs.: ao querido tio “Fernandão”, toda a boa sorte do mundo e que Deus proteja a sua saúde…

Fonte: Folha.com