… o projeto do Santos para que o atacante Neymar rejeitasse uma proposta do Chelsea e continuasse na equipe brasileira foi eleito pela Academia Brasileira de Marketing Esportivo (Abraesporte) como um dos fatos mais positivos do esporte nacional em 2010…  a entidade elaborou listas com os 12 melhores e os 12 piores acontecimentos do ano, e divulgou os resultados nesta quarta-feira… entre os fatos positivos  classificou os patrocínios de Seara e Malwee – curiosamente, essa empresa encerrou em 2010 o vínculo com o futsal de Jaraguá do Sul… a Abraesporte ainda elegeu o atraso nas obras de infraestrutura para a Copa do Mundo de futebol de 2014, o péssimo atendimento a clientes em estádios, os resultados internacionais do basquete brasileiro e as decisões polêmicas da equipe Ferrari na Fórmula 1…

Fatos positivos

1.  Santos, pela manutenção do atleta Neymar;

2.  Os desempenhos esportivos de César Cielo, Fabiana Mürer e Jade Barbosa;

3.  O desempenho positivo do departamento de marketing do Corinthians;

4.  Os patrocínios da Seara e da Malwee;

5.  O projeto Vôlei Futuro (Araçatuba);

6. A gestão administrativa da Confederação Brasileira de Vôlei;

7. Campanha da Topper incentivando o rúgbi nacional com vistas aos Jogos 2016;

8. O sucesso das Olimpíadas de Inverno Vancouver, transmissões da Record e Sportv;

9. A primeira prova de Fórmula Indy no Brasil (São Paulo);

10. O tricampeonato mundial de vôlei da seleção brasileira masculina;

11. A marca dos Jogos Olímpicos Rio-2016;

12. O patrocínio Bradesco ao COB.

Fatos negativos

1. Atraso nas obras (estádios e infraestrutura) necessárias para a Copa 2014;

2. O péssimo atendimento aos clientes para assistir jogos dos campeonatos de futebol;

3. Os resultados internacionais do basquete brasileiro;

4. As decisões polêmicas da equipe Ferrari;

5. A entrega do jogo da seleção brasileira de vôlei masculino para a Bulgária;

6. A dispensa do técnico Dorival Júnior pelo Santos, na polêmica com Neymar;

7. A violência nos estádios e a falta de uma política eficiente para as torcidas organizadas;

8. A ausência de profissionais de psicologia esportiva nos clubes de futebol;

9. As declarações de Joseph Blatter sobre homossexuais e a Copa 2022;

10. Os resultados pífios da Lei de Incentivo ao Esporte;

11. A gestão de marketing da Confederação Brasileira de Voleibol;

12. A marca da Copa 2014.

 

Fonte: ABRAESPORTE