… o falso moralismo impera neste país… o mesmo país que aceita uma reunião do CCJ com apenas três pessoas julgando 118 projetos de Lei em 3 minutos (leia abaixo)… o mesmo país que aceita a comissão dos deputados que isentou Valdemar Costa Neto (PR-SP), acusado de participar de esquema de desvios no ministério dos Transportes… o mesmo país que solta todo tipo de absurdo que cometem contra tudo e contra todos… o mesmo país que está em frangalhos na saúde, segurança e educação… querem censurar o comercial abaixo por achar que fere as mulheres (…)…

… foi publicado no portal oficial da Câmara dos Deputados uma ata mentirosa… o documento mostra um pleno da Comissão de Constituição e Justiça com 34 pessoas quando , na verdade, apenas dois parlamentares estavam presentes: Luiz Couto (PT-PB) e César Colnago (PSDB-ES)… o regimento da casa prevê um mínimo de 31 deputados para que a CCJ possa deliberar… a encenação ocorria com Couto se dirigindo a um ermo plenário: “os deputados que forem pela aprovação, a favor da votação, permaneçam como se encontram”… na primeira fileira, Couto mantinha-se inerte… e Colnago: “não havendo quem queira discutir, em votação… aprovado”… dessa forma foram aprovados 118 projetos em 3 minutos (deve ser um recorde digno do Guinnes Book)… Conalgo afirmou que as matérias eram de consenso e que o regimento da casa prevê votação simbólica…