… saudades de quem teve a felicidade de assistir no Guarujá, no 1o. Festival de MPB do país (1965), ela cantar ARRASTÃO e ganhar em primeiro lugar… nunca mais surgiu ninguém capaz de superar essa mulher… eu era um garotinho mas fiquei apaixonado por ela…

Foto: Agência Estado

.. já se vão 30 anos sem Elis Regina, e ela permanece sendo um assunto apaixonante, delicado, perturbador para o Brasil… sua morte precoce, em janeiro de 1982, foi um divisor de águas que traumatizou todo um país, de impacto até hoje apenas parcialmente avaliado… em termos mais amplos, o trauma antecipou em alguns anos a derrocada oficial da ditadura militar, num arco esquisito que se fecharia em 1989, com as primeiras eleições presidenciais diretas desde 1955 e a morte de Nara Leão, outra cantora-símbolo do Brasil que deixava vagarosamente de existir… para a chamada música popular brasileira, a morte de Elis significaria a extinção de um paradigma heroico que não se renovaria mais, mas de que muitos sentem até hoje saudades algo mórbidas…

 Fonte: IG Ultimo Segundo Cultura