… ser o síndico de uma cidade como São Paulo é uma tarefa ingrata… essa megacidade não é fácil de ser administrada… as primeiras chuvas com inundações pões a perder tudo o que o prefeito angariou de simpatia e de apoio até então… os incêndios em favelas… o trânsito… a falta de segurança… tudo vai como débito em sua conta de popularidade… o atual prefeito até que vinha fazendo uma administração muito boa para a cidade (1o. mandato)… até que despirocou em montar um partido… até que apareceram atos de corrupção administrativa… aí o barco afundou de vez… muita coisa é debitada na conta de um prefeito que seria responsabilidade também do estado e do governo federal… essa coisa de partidos políticos virou coisa de futebol… uns torcem contra os outros e a população que se exploda… portanto esse modelo está ultrapassado… uma administração boa deveria ser única e sem essa politicagem barata… uma cidade como São Paulo, mereceria pelo menos 5 prefeitos para tomar conta das 5 cidades (quase todas entre 2 a 2.5 milhões de pessoas):