… esse não jogo de ontem mostra bem o que sempre digo com a “falta de planejamento”… um dos grandes pecados nos dias de hoje… imagine parar um Campeonato Brasileiro tirando os principais atletas de seuas equipes, pegar um avião, atravessar uma tempestade (desviaram mais de 300 quilometros), chegar na Argentina, se hospedar, entrar em campo, não jogar, voltar para o hotel, pegar o avião e voltar ao Brasil…  isso para não falar na entusiasmada platéia (com menos gente que Jabaquara x Ibis) e um cantor argentino cantando o nosso hino… deu no que deu… nem as luzes aguentaram o tranco… aliás uma lição aos “organizadores” dessa bobagem que é uma versão da antiga Copa Roca (que era realmente fantástica) só com atletas que jogam no seu país… quando digo falta de planejamento digo: um formato pífio, um estádio pífio, um gerador pífio… tempo gasto nas televisões para nada… gastos da CBF desnecessários… e um troféu de gosto horrivelmente duvidoso em jogo… ah, e um árbitro banana… poderia ter começado o jogo e ponto… tá cheio de estádio por aqui que tem muito menos iluminação do que foi mostrado ontem… já dizia o saudoso Edward Murphy,  “se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará”…

… Copa Roca antiga (esq.) e o troféu atual (dir.) argh !…